Imagem capa - Redes Neurais foram utilizadas em um filme de 1986 por Morandi Fotocinegrafia
Informações

Redes Neurais foram utilizadas em um filme de 1986

Considerado como um dos primeiros registros de imagem em movimento realizado em formato de vídeo, o curta de 1896  “Arrival of a Train at La Ciotat”, dos irmãos Lumiere, ganha uma nova versão, em 4K e com 60 FPS.


O filme “Chegada de um trem em La Ciotat" (traduzido) carrega em seu histórico um misto de lendas urbanas, algumas dizem até que os espectadores em uma exibição pública em algum café parisiense ficaram com medo do trem e correram. Lendas à parte, este pequeno curta de apenas 45 segundos é considerado como uma obra prima na história do cinema.


O youtuber russo Denis Shiryaev, criou uma rede neural (um sistema de algoritmos que reconhecem padrões e aprendem com o próprio sistema computacional, muitos chamam isso de inteligência artificial) que transformou, por meio de um upscaler (um escalonador de vídeo, que codifica algo que está em baixa resolução para uma resolução melhor, estes aparelhos são muito utilizados por emissoras de TV), o filme original em um filme de formato ultra HD (3840 × 2160 pixels) e com 60fps (frames por segundo, ou seja, é como se tivesse 60 fotos em sequencia em apenas um segundo).


A iniciativa de Shiryaev é relevante, pois abre caminho para que possamos repensar o fazer audiovisual e como podemos utilizar as redes neurais para resgatar e preservar a memória, seja ela histórica ou contemporânea.





Entenda um pouco de como os FPS fazem diferença no resultado final de um filme.


Mais detalhes sobre interpolação em vídeo: https://sites.google.com/view/wenbobao/dain (em inglês)

Texto: Thiago Morandi